Fora transar bastante, você sabe o que deve fazer para conseguir engravidar mais rápido? Sem simpatias e loucuras, vamos nos ater ao básico: a mulher tem que conhecer seu corpo.

Desde criança, somos ensinadas que tocar o próprio corpo é pecado. Então, mulher sequer se masturba direito. E se o faz, não fala. Ninguém se toca. Demoram a descobrir que xixi sai por um buraco, e que tem outro ali, sobrando. Quando ficamos “moças” pela primeira vez, temos medo de usar absorvente interno (quem nunca?) porque, afinal, não sabemos quase nada da nossa anatomia. E se olhar num espelho? Já fez isso? Ninguém faz. Não é a toa que 60% das mulheres não sabem como atingir orgasmo.

O corpo humano é belíssimo e seu funcionamento é um milagre orquestrado. A concepção é uma coisa absolutamente incrível, seu corpo passa por mil modificações e depois volta ao estado original, é uma belezura!A gente devia prestar mais atenção nele, e informação ajuda sim, a engravidar mais rápido.

 

O ciclo feminino

Vamos falar do ciclo normal, ok? Ele deve ter por volta de 28 a 30 dias. Se você não está regulada, deve procurar um médico. Pensando que ele funciona sim, nos dias certos, você sabe indicar o período mais fértil do ciclo?

Existem algumas indicações de fertilidade, que nós mulheres devemos conhecer. 

Temperatura Basal: a temperatura do nosso corpo ao acordar, de manhã, sem nos levantar ainda, é a temperatura basal mais fácil de se medir. Vá marcando os dias do ciclo. Quando você vai ovular, ela sobe em torno de meio grau, e se mantém alta por 14 dias mais ou menos, quando então cai bruscamente e você menstrua. Veja um gráfico de um ciclo normal:

 

Se a temperatura não cair no final do ciclo, você pode estar grávida. Na gravidez, os hormônios a mantém alta, assim:

 

Colo do útero alto e macio: sinal de período fértil

Alguém sabe medir a altura do colo do útero? Difícil, né? A gente não ta acostumada a se tocar. Mas se você fizer isso durante um ciclo todo, vai perceber que duas coisas mudam bastante: a altura e a textura. Mãos muito bem lavadas, ou luvas daquelas de dentista (melhor ainda), e um dedo médio (o do meio mesmo) é suficiente. Fiquei de pé mesmo, mas com um dos pés mais alto, na beira da privada serve. Você encontrará seu colo do útero. Se for difícil chegar até ele, ele está alto. Se você conseguir tocá-lo facilmente, ele está baixo. Durante a menstruação ele fica baixo e aberto. Depois sobe e fica rígido, com a textura parecida com a ponta do seu nariz. Quando está fértil, ele fica alto, porém macio, igual se você tocasse seus lábios. Fora que você sente muito muco. Depois, ele volta a ficar rígido e sem muco. Se você estiver grávida, não fique fazendo isso, pode arrumar uma infecção com mãos mal lavadas, por exemplo. Mas na gravidez ele também fica alto, continua macio, e fechado.

Veja onde fica seu colo do útero:

 

Muco tipo clara de ovo ou aguado

O jeito mais fácil de saber do seu período fértil é ficar atenta ao muco cervical. Sim, aquilo que molha sua calcinha toda. Tem época do mês que ficamos muito escorregadias, parece mesmo clara de ovo transparente. É muito característico. Isso indica o começo provável da ovulação. Aquele muco aguadíssimo, que assusta a gente pois parece que fizemos xixi na calça, também indica período fértil. Geralmente este período é acompanhado por leves cólicas nos ovários. Você consegue saber até qual lado você ovulou, só prestar atenção. Quando engravidei de gêmeos, eu estranhei mesmo o fato de ter tido esta dorzinha dos dois lados da barriga, ou seja, ovulei dos dois ovários mesmo.

Não confunda com o muco cremoso e em menor quantidade, mais turvo, que não indica nada.

Mas quando eu devo transar?

Ué, gente, no período fértil. Como os bichinhos do homem sobrevivem até 3 dias nas trompas, pode começar antes do dia fértil (nosso enorme e lindo óvulo mais sobrevive 24h…geralmente só 12h mesmo). Transar dia sim, dia não, é suficiente. Mas se quiser todo dia, ué, claro que pode. Dos 250 milhões que saem em uma ejaculação normal, somente 20 ou 30 chegarão até as trompas, e ficarão ali, esperando o óvulo ser liberado. Nosso corpo faz tudo para selecionar somente os melhores dos melhores, né? Somos muito perfeitos, mesmo.

O tamanho do meu ciclo interfere em conseguir engravidar?

Geralmente, sim. Se seus ciclos são muito curtos (menos de 25 dias), pode não estar dando tempo do endométrio se formar, e assim você até engravida, mas o embrião não se fixa no útero, e bye bye gravidez. Isso aconteceu comigo duas vezes. É uma deficiência hormonal, que pode ser resolvida. Fale com seu médico.

Ciclos longos também não são bons, pois te confundem e você não sabe quando está ovulando.

Devo parar de fumar e beber?

Claro né, gente. Estas coisas não fazem bem. Nem pra você, nem pros seus óvulos, nem pro bebê. Fora que é pior parar quando sabe que está grávida, pois a gente já fica toda ansiosa, e é bem mais difícil desapegar.

Tenho que tomar alguma vitamina?

Os médicos recomendam para quem está tentando engravidar tomar ácido fólico assim que começar a tentar. Uma dose adequada consegue prevenir muitos problemas no feto, coisas sérias relacionadas à formação da medula espinhal, que acontecem nas primeiras semanas do embrião. Melhor começar antes. É baratinho e tem na farmácia um monte de tipos.

 

Mesmo assim, a chance de engravidar é de somente 20% em cada ciclo. Ou seja, melhor tentar durante um tempo razoável (alguns médicos pedem 1 ano), percebendo seu período fértil, transando nos melhores dias, pra se não conseguir começar a achar que pode estar com algum problema, ok? Não se desesperem no terceiro ciclo.

(Mas gente, foi UMA vez sem camisinha – muitas dizem. E acontece, acredito. Já passei por isso também).

Boa sorte! Apareça pra contar se conseguiu, como foi, etc!

 

Sites recomendados:

http://www.countdowntopregnancy.com/

http://www.e-familynet.com/

http://in-gender.com/

http://www.fertilityfriend.com/

CAROLINA DARCIE (fundadora do blog, mãe da Helena, agora colabora para o Conversas)

“Gosto de livros e de gente, água corrente, interior do Brasil, música, fotografia, cheiro de terra revirada e molhada, acordar cedo, imagens de São Francisco, e não gosto de mentir. Moro com meu companheiro, tenho uma enteada de 8 anos e sou mãe da Helena desde maio de 2011.”

 

Curta essa artigo:
Curta a página do Conversas ao Meio Dia!

Colaboradores do Conversas ao Meio-Dia. Para enviar um texto pra gente, mande email para conversasaomeiodia@gmail.com. ou deixe um recado na nossa Fan-Page no Facebook.

Colaborador do Conversas